3 de janeiro de 2018

Tem cheiro de reciclagem no ar... E que cheirinho bom!


No fim do ano, quando as festas se multiplicam, com elas também crescem o consumo de bebidas e alimentos acondicionados em embalagens de vidro consideradas "descartáveis" ou "não retornáveis". Como consequência, a grande quantidade de vidros descartados incorretamente, levam para o negativo nossa conta com o meio ambiente. E esta é uma preocupação que devemos iniciar o ano considerando e compensando.


O vidro está entre os diferentes materiais que podem ser retirados do meio ambiente e submetidos ao processo de reciclagem. Mas mesmo tendo em sua composição elementos naturais, como a sílica (presente na areia das praias), ainda assim é o que mais leva tempo para ser reabsorvido em condições ambientais. Isto ocorre porque a composição do vidro faz com que ele seja extremamente resistente às alterações climáticas.

Diferentes estudos e institutos analisam as condições de decomposições de resíduos no meio ambiente e estimam que a decomposição total do vidro na natureza pode durar até 1 milhão de anos, dependendo das condições às quais o material é sujeito. Mesmo com grande variação, o tempo mínimo de desgaste total é de 4 mil anos – muito mais tempo que itens fabricados com alumínio ou plástico. 

Pensando nisto, reaproveitei previamente algumas embalagens vazias de vidros de conserva que dispunha, e as transformei em lembrancinhas artesanais de Natal. Decorei todos com a técnica de decoupagem e os usei para acondicionar e presentear com saches perfumados para gavetas e armários.
Vejam como ficaram.


Os saches foram produzidos com tecido de malha de algodão e enchimentos de sagu, com essência aromatizante de alecrim. O perfume ficou delicado e as amigas amaram.
Ah... e para dar um charme à mais, troquei as tampas de metal por rolhas de cortiça.


Aproveitei e fiz também esta garrafa decorada especialmente para uma amiga incluir em sua coleção
Se você gostou e quiser fazer os saches também, vai aqui um rápido tutorial:

Material necessário
- Essência para cosméticos ( 30 ml)
- Base líquida para preparação de perfumes e aromatizantes (90 ml)
- 500 gr. de sagu
- Retalhos de tecidos (usei malha de algodão).
- Linha ou fita para amarrar.

Modo de fazer

- Em um recipiente de vidro, misture a essência e a base líquida. Reserve.
- Coloque o sagu em um saco plástico (com tamanho suficiente para acondicionar o sagu e permitir movimentos para misturar)
- Acrescente a mistura líquida. e feche hermeticamente o saco. 
- Mantenha o saco fechado por pelo menos 24 horas, fazendo movimentos periódicos para misturar os ingredientes e ajudar ajudar a distribuir o aroma por todo o sagu.
- Passado esse tempo, corte quadrados de  15x15cm no tecido e  recheie cada um com uma pequena quantidade de sagu já aromatizado. 
- Feche o tecido formando uma trouxinha e amarre com linha ou fita .

Obs: Em cada vidro coloquei 5 saches.


E para finalizar, deixo aqui meu abraço e os meus votos de um ano novo cheio de paz e realizações para todos vocês.

Um comentário:

  1. A delicadeza que você retrata nesses vidros, faz a gente se apaixonar
    Amei a ideia, confesso que eu tenho optado por latas para evitar ao máximo o uso de vidro, devido a dificuldade de reciclagem dos mesmos.
    Agora estou com várias garrafas de suco de uva, a dúvida é eu gosto tanto delas originais que queria criar um lugar de destaque para elas, o problema e que estão se multiplicando...rsrs
    Muita Luz e Paz e que 2018 seja repleto de muita alegria e uma vida cheia de realizações criativas.
    Abraços

    ResponderExcluir

RECICLE SUAS IDEIAS. DEIXE AQUI SEUS COMENTÁRIOS

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...